Discotecas e bares reabrem a 1 de outubro. Saiba o que muda mais

O Governo apresentou esta quinta-feira, dia 23 de setembro, a terceira fase de desconfinamento, que terá início dia 1 de outubro.

O que muda:

Reabertura de bares e discotecas, com exigência de ceritificado de vacinação à entrada;

Fim dos limites horários;

Restaurantes, cafés e pastelarias sem limite máximo de pessoas por grupo, quer no interior quer em esplanadas;

Fim da exigência de certificado digital em restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local;

Fim do limite de lotação no comércio, casamentos e batizados e espetáculos culturais;
esso a grandes eventos culturais, desportivos ou corporativo;

No entanto, o certificado digital covid-19 é exigido para:

Viagens por via aérea ou marítima;

Visitas a lares e estabelecimentos de saúde;

Acesso a grandes eventos culturais, desportivos ou corporativo.

Já a máscara continua a ser obrigatória em transportes públicos, lares, hospitais, salas de espetáculo e eventos e grandes superfícies.

Também é notícia: (Vídeo) Joana Amaral Dias invade praxe académica e confusão instala-se