Mulher trancada na despensa pelo companheiro

Mulher trancada na despensa pelo companheiro

Mãe disse à polícia que tinha se tinha magoado, mas a história afinal era outra. O filho denunciou o pai por maus tratos à mãe, que era este quem fez as marcas no corpo da mãe, e não ela. Ela esteve trancada na despensa pelo companheiro.

Foi encontrada pela polícia escondida na despensa da casa, coberta por lençóis. O seu rosto e braços estavam feridos, ela foi vítima do seu companheiro, tendo este sido detido e o caso está a ser investigado.

 

O caso evoluiu após uma chamada a alertar para o caso de um homem a maltratar uma mulher. As autoridades foram até à casa e encontraram o homem de 29 aos de idade agitado “Estava muito agitado e reconheceu que tinha discutido com a mulher”.

Mas este disse que a mulher já havia saído de casa, e que esta não tinha telefone. Pensando que a mulher poderia estar em perigo, pediram para entrar em casa, mas este não anuiu, que precisavam de um mandado.

As autoridades interrogaram vizinhos, que confirmaram o caso de maus tratos e que a mulher não teria saído de casa.

Perante insistência das autoridades, o homem teve de ser imobilizado, e dentro de casa, o filho foi encontrado, junto com outra pessoa, que não estaria relacionada com o caso.

Entretanto, após investigação, encontraram a mulher trancada “e coberta com vários cobertores no interior de um armário cuja porta estava fechada com um trinco da parte de fora”.

Já fora da despensa, esta afirmou que tinha sido ela a fazer aquilo ao seu corpo, mas o filho de 8 anos, denunciou o pai… “a criança contou que o pai tinha mal tratado a mãe antes de lhe atirar com água para que ela acordasse”.

 

Deixe um comentário