Cyntoia Brown, a escrava que acabou com a vida do agress0r sairá em liberdade

Cyntoia Brown, a escrava que acabou com a vida do agress0r sairá em liberdade

Um homem viol0u-a e tornou-a a sua escrava. Assim que teve oportunidade, Cyntoia Brown acabou com a vida de Johnny Allen e, em 2006, foi condenada a uma pena de prisão perpétua. Agora, com 30 anos, a mulher teve uma oportunidade do governador do Tennessee, Bill Haslam, o qual concedeu-lhe clemência judicial.

Assim, no próximo dia 7 de agosto, Cyntoia ficará em liberdade condicional sob supervisão policial durante 10 anos e obrigada a participar em sessões de aconselhamento. Na altura da sua condenação, várias celebridades apoiaram a mulher, nomeadamente Cara Delenvigne, Rihanna e Kim Kardashian.

Nas redes sociais foi criada uma hashtag de apoio “#FREECYNTOIABROWN”. E, a história ficou conhecida através do documentário produzido por Dan Birman, “Me Facing Life”. Este documentário foi exibido pela Fox17 New, contando a verdadeira história.

Em tribunal, Cyntoia admitiu a culpa, revelando que vivia num ambiente abusivo, desde tenra idade. A jovem já viveu 14 anos na prisão!

Deixe um comentário