Cristina Ferreira admite “Só me apetece ir para casa chorar”

Para muitas pessoas, Cristina Ferreira tem uma vida perfeita: é rica, jovem e bonita. Mas, a estrela da TVI parece que está a acusar cada vez mais a pressão de se ter tornado a Diretora de Entretenimento e Fição da TVI.

Após confidenciar nas redes sociais que nem tudo está a correr como desejava neste regresso à TVI, agora desabafou em direto na Rádio Comercial. “Tenho tido uma arma durante muitos anos que é o silêncio. Estes dois meses foram muito complicados e nunca me fui abaixo. Mas há alturas em que só me apetece ir para casa chorar. Felizmente ainda não aconteceu. Mas acho que vai acontecer um dia. Porque isto de levar porrada e não reagir… Chega a uma altura em que já não apetece e cansa.

Quando passei da TVI para a SIC, aquilo foi muito difícil. Como é que eu ia trocar uma coisa tão certinha pelo incerto, ia deixar o Goucha. Foi muito difícil para a minha mãe aceitar a mudança e só quando as coisas começaram a correr bem é que eu senti que ela ficou descansada. Agora já não me disse nada. Acho que foi do género: “É isto, não é? A filha que eu tenho é esta.

Quando eu fui para a SIC, foi a polémica com o Goucha. E nós nunca deixamos de ser amigos. Agora como Cláudio. Toda a gente achou que tinha sido a maior das traições. Não sabem o que está destinado ao Cláudio. Não sabem o que estou a preparar para o Cláudio. Não sabem o que estou a fazer dentro da empresa. Fui eu que despedi toda a gente. Fui eu que contratei toda a gente. Tudo é meu. E não têm a noção que fazer a gestão de uma empresa é muito mais do que isso”, lamentou.

You may also like...