Covid-19. Casal japonês de lua de mel retido há um ano em Cabo Verde

Um casal japonês está retido em Cabo Verde há um ano devido à Covid-19. Os dois foram de lua de mel e ficaram retidos na ilha do Sal. 

O objetivo era dar a volta ao mundo, mas acabaram por ficar retidos em Cabo Verde. Porém, não escondem que foi a melhor coisa que lhes podia ter acontecido.

“Tem sido espetacular. Era suposto ficarmos três semanas, mas ficámos um ano. Por isso, somos quase cabo-verdianos”, disse Rikiya à Lusa.

A ideia era percorrerem 25 países, mas fizeram 8. No dia 26 de fevereiro de 2020 acabaram retidos na ilha do Sal, após o país encerrar as ligações aéreas internacionais, para travar a progressão da pandemia.

A previsão do casal é regressar ao Japão em março, mas temporariamente. O casal decidiu mudar-se de vez para a ilha do Sal até porque já criaram uma empresa lá neste espaço de tempo.

Também é notícia: Tem 23 anos e já é mãe de 11 filhos. Christina Ozturk quer chegar aos 100

You may also like...