Mal-estar na SIC devido a saída de apresentador

Há 18 anos na SIC, Cláudio Ramos sempre trabalhou noite e dia, em condições precárias, segundo a Maya. E agora, Daniel Oliveira está a ser acusado de não se ter precavido contra a saída do apresentador da SIC para o canal rival, onde vai ganhar 4 vezes mais! É que Cláudio Ramos tinha um contrato precário e como tal andava à procura de algo melhor.

Daniel foi assim alvo de puxão de orelhas por não ter oferecido um contrato de exclusividade ao apresentador. E o clima nos corredores da SIC não é do melhor. Tanto que Daniel foi mesmo questionado do porquê de não ter renovado com Cláudio Ramos um contrato de exclusividade.

 

Ele não tinha qualquer vínculo com a SIC, portanto não tinha de avisar previamente a estação. Era pago por uma produtora externa. Na TVI vai ganhar praticamente três vezes mais [12 mil euros fixos, mais extras]. Na verdade, o Cláudio já tinha pedido melhores condições, sobretudo um contrato com a SIC, mas não aconteceu e é aí que responsabilizam o Daniel, por não se ter precavido em relação a uma situação destas, que já era previsível”.

E no primeiro programa após Cláudio Ramos, Cristina Ferreira esteve nervosa… e não escondeu o mal-estar. Com algumas fontes a dizerem que “Isto foi uma facada. A Cristina não estava minimamente à espera desta saída e ficou sem chão. Neste momento, todas as hipóteses para substituir o Cláudio parecem forçadas. Não será de um dia para o outro que será tomada a decisão”.

Cristina Ferreira recusa despedir-se e sem nunca falar no nome do vizinho diz que “Não se fazem despedidas nesta casa, porque há pessoas que vamos sempre chamar ‘casa’”.

 

You may also like...