Catarina Furtado revoltada “Força pais, não se calem”

Através do Instagram, Catarina Furtado já tinha abordado que, no passado, ela foi bailarina. Agora, mostra a sua indignação do que se tem passado com a Escola de Dança do Conservatório de Lisboa.

“”[…] Sou suspeita porque a dança fez uma grande parte de metade da minha vida. A Escola de Dança do Conservatório de Lisboa foi literalmente a minha segunda casa. Ali vivi tudo, aprendi tudo.

Como é possível que um desentendimento entre um empreiteiro e o Parque Escolar obrigue os 160 alunos a ter de se deslocar por quatro locais diferentes da cidade, durante o dia, para ter aulas!?? E sobretudo nenhum deles tem condições higiénicas ideais. Estas raparigas e rapazes são os nossos futuros bailarinos que tantas vezes, a maioria, têm de sair do país para ouvir os aplausos merecidos.

Sei que existem muitas outras escolas a precisar de remodelações mas não consigo deixar de pensar que andei no Conservatório há quase 40 anos e o edifício está praticamente na mesma! Decadente e sem o ambiente inspirador que a arte precisa para respirar. A cultura não pode ser sempre o parente pobre da sociedade! Força alunos, força professores, vocês sabem bem o que significa a palavra da moda : resiliência! E força pais e mães, não se calem”, escreveu.

You may also like...