As imagens da manifestação contra homenagem João Moura: “As vozes de milhares que não conseguiram silenciar”

A Ira – Intervenção e Resgate Animal recorreu às redes sociais para agradecer o apoio de todos os que estiveram presentes na manifestação contra a homenagem a João Moura. 

 

Texto na íntegra: (Fotos e vídeos abaixo) 

 

Chamaram-nos de “500”.
Mas levámos 1000 pulseiras que foram distribuídas nos primeiros 20 minutos, após a nossa chegada.
De Norte a Sul do país, ouviam-se as vozes de indignação dos Portugueses contra os Maus-Tratos aos animais.

As vozes de MILHARES que não conseguiram silenciar.
Pela primeira vez no Campo Pequeno, a maior manifestação que os aficionados alguma vez presenciaram.

Pela primeira vez numa tourada, os espectadores precisaram da escolta da polícia e do auxílio do Corpo de Intervenção para conseguirem carregar as suas vergonhas para o interior de um palco onde quiseram homenagear um agricultor que veste collants, constituído arguido num crime de maus-tratos a dezenas de cães, para o interior de um palco onde uma vez mais morreram animais encurralados e abafados ao som de aplausos.

Chamaram-nos de 500, mal sabiam que dia 26 de Agosto enfrentavam a união de MILHARES DE PROTETORES DE ANIMAIS.
E agora imaginem se nos uníssemos por eles, TODOS OS DIAS.
Obrigado ao Culto da Imagem por toda a preparação de cartazes e faixas em tempo Recorde.
Obrigado à Fardas d’elite pela produção de 1000 pulseiras para os manifestantes.

Obrigado aos Bombeiros Voluntários da Ajuda pelo acompanhamento e profissionalismo (especialmente a um dos tripulantes que preferiu celebrar o seu aniversário no protesto connosco, ao invés de pedir a sua rendição ao quartel).
Obrigado aos membros do Projecto Animal 2RS por participarem de uma forma formidável e inigualável, mostrando uma vez mais o seu apoio pelos animais.

Obrigado a todos os agentes da Polícia de Segurança Pública e Comando Metropolitano de Lisboa, por contribuírem para que esta manifestação se realizasse em segurança e com um notável desempenho e profissionalismo.

E por fim, obrigado a todos vós, que se deslocaram para assistir e contribuir para um momento realmente arrepiante na história da causa animal, em particular aos 53 Irados e iradas que vieram desde o Norte e Centro do país para dizer “MOURA, BAI-TE F*DER”.
Agora os roucos e roucas, ainda com o barulho de buzinas e cornetas na cabeça, terão de continuar esta luta diária para OS SALVAR!

Também é notícia: Viral! Macaco encontra máscara no chão e tenta colocá-la de forma correta