Anjos da Victoria’s Secret assediadas antes dos desfiles “Esquece as cuecas”

Pelas piores razões do Mundo, a marca Victoria’s Secret está inserida numa investigação bombástica. O proprietário da marca, Les Wexner é acusado de ignorar o assédio se1ual praticado nas modelos.

Na reportagem do jornal “The New York Times”, lê-se que Ed Razek (braço direito da empresa L Brands) e Les Wexner “presidiram uma cultura de misoginia, intimidação e assédio”. Aliás, de acordo com a investigação, Ed Razek “tentou beijar modelos, pediu que se sentassem ao colo dele e tocou-lhes nas virilhas antes do desfile da Victoria’s Secret em 2018”.

Além disso, “foi alvo de repetidas queixas sobre conduta inadequada”. A irmã de Gigi Hadid preparava-se para desfilar em 2018 e ele disse “Esquece as cuecas”. Com os olhos fixados na modelo e sentado num sofá, ele também questionou se a televisão permitiria que a sua modelo “desfilasse com aquelas mamas perfeitas”.

Ed Razek já reagiu e assegura “As acusações neste relatório são categoricamente falsas, mal interpretadas ou tiradas de contexto”.

You may also like...