“Amor Sem Fim”. Hospital de São João não vai destruir esperma de Hugo Ferreira

O Centro Hospitalar Universitário São João, no Porto, garantiu que já não vai destruir a amostra de esperma de Hugo Ferreira, que morreu antes de realizar o sonho de ser pai com Ângela Ferreira.

“Pela presente vimos informá-la da nossa posição, de que demos já notícia a sua Exa o senhor secretário de Estado da Saúde, a qual é a de conservar o material biológico em causa, não exercendo a faculdade legal de proceder à respetiva destruição”, diz a carta do hospital, citada pela Lusa.

A mulher foi contactada pela agência e aparentou ter sido apanhada de surpresa. Porém,  não escondeu estar “imensamente feliz e aliviada”. De recordar que a história do casal sensibilizou o país. Ângela tem o sonho de ter um filho de Hugo por inseminação artificial. Contudo, a lei portuguesa não permite que esta engravide do marido morto.

 

You may also like...