25 anos de prisão para pai de Valentina mas a madrasta safou-se melhor

Aos 9 anos, Valentina foi assassinada pelo seu próprio pai em Atouguia da Baleia (Peniche) em maio de 2020. Agora, Sandro Bernardo soube a sua sentença e acabou condenado a 25 anos de prisão.

Por sua vez, a madrasta da criança, Márcia Monteiro foi condenada a 18 anos e 9 meses de prisão. O Ministério Público tinha pedido a pena máxima para ambos por profanação de cadáver, homicídio qualificado, abuso de simulação de sinais de perigo em coautoria e violência doméstica.

De acordo com o relatório da autópsia, Valentina perdeu a vida “devido a contusão cerebral com hemorragia subaracnóidea”. O Ministério Público ainda avança que ambos deixaram Valentina “a agonizar, na presença dos outros menores, indiferentes ao sofrimento intenso da mesma”.

You may also like...